Primeiro trecho da rua Miguel Biondi começa a receber cimento verde

Voltar para Notícias

Por Sávio Junior/Comunicação Proguaru

O primeiro trecho da rua Miguel Biondi, no bairro Torres Tibagy, começou a receber nesta quinta-feira, 21, a mistura de brita reciclada mais cimento verde do projeto experimental que utiliza resíduos de construção civil em pavimento urbano. A aplicação de todos os materiais deve ocorrer até a próxima segunda-feira, 25.

A rua Miguel Biondi, que foi dividida em quatro trechos, receberá ainda brita graduada mais cimento verde, brita graduada tratada com cimento e a brita graduada simples. Por conta dos imprevistos ocorridos e que atrasaram o início do projeto, os técnicos da Proguaru esperam que até a primeira semana de outubro a via seja pavimentada.

Todo o processo para a confecção do cimento verde está sendo realizado na Usina Recicladora da Proguaru, que fica no Cabuçu. No local, com o auxílio de uma autoconcreteira cedida pela empresa Fiori do Brasil, é feita a mistura da brita reciclada e da brita graduada com o cimento verde. Em seguida, o produto é transportado diretamente para a obra.

O cimento verde é uma tecnologia inovadora desenvolvida pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), que prevê a utilização de resíduos da construção civil e demolição (RCD) como principal matéria-prima, e que segundo especialistas, é considerado um material com ganhos econômicos e ambientais.

O desenvolvimento da nova tecnologia conta com recursos na ordem de R$ 5 milhões, oriundos de um fundo do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e da InterCement.

Crédito das fotos: José Renato/Comunicação Proguaru

social position

Compartilhe esta postagem

Voltar para Notícias