Projeto de recapeamento da Estrada do Cabuçu será elaborado pela Proguaru e Secretaria de Obras

Voltar para Notícias

Em reunião ocorrida nesta terça-feira, 4, na sede da Proguaru (Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A), ficou decidido que a empresa de economia mista, em conjunto com a Secretaria Municipal de Obras, será a responsável pela elaboração de projeto de recapeamento e drenagem da Estrada do Cabuçu, via que se encontra intransitável devido ao tráfego pesado de caminhões que trabalham nas obras do trecho norte do Rodoanel Governador Mário Covas.

A ideia é que Proguaru e Secretaria de Obras realizem uma vistoria na estrada ainda esta semana e elaborem um diagnóstico geral para ser entregue nos próximos 15 dias. Com este estudo prévio, o Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), as construtoras responsáveis pelas obras do rodoanel e as empresas Multilixo e Quitaúna poderão iniciar as obras de recapeamento nos pontos mais críticos. O estudo completo deverá ser entregue num prazo máximo de 30 dias.

Em se tratando de Quitaúna e Multilixo, os integrantes presentes na reunião pretendem realizar uma nova reaproximação com essas empresas, haja vista que elas exploram os aterros sanitários localizados na região do Cabuçu e têm responsabilidade na manutenção da via. Ambas não têm enviado representantes às reuniões o que tem levantado a suspeita de que estejam fugindo de suas responsabilidades. Caso não ocorra um acordo, o jurídico da Prefeitura de Guarulhos poderá entrar com uma ação para que tomem as devidas providências.

Durante a reunião, o Dersa – empresa do Governo do Estado de São Paulo – informou que em conjunto com as construtoras, irá realizar o serviço de tapa-buracos também em outras vias próximas a Estrada do Cabuçu.

A reunião contou com a presença do diretor presidente da Proguaru, Leonardo Lago; do secretário de Desenvolvimento Urbano (SDU), Jorge Taiar; da secretária de Serviços Públicos (SSP), Loredana Piovesan Glasser; do secretário de Obras (SO), Linaldo Hitoshi Koga; do secretário de Meio Ambiente (SEMA), Cláudio Dias; do gerente de relações institucionais do Dersa, Ermes da Silva; e de representantes da Secretaria de Finanças, do Consórcio Construcap-Copasa e CDR.

Crédito das fotos: Rafael dos Anjos/Comunicação Proguaru

Compartilhe esta postagem

Voltar para Notícias